domingo, 26 de julho de 2009

Age of Empires 3




Ao lado de "WarCraft" e "Command & Conquer", "Age of Empires" forma a Santíssima Trindade dos jogos de estratégia em tempo real, um dos gêneros mais explorados e tradicionais dos computadores. A série da Ensemble Studios e da Microsoft acostumou-se a quebrar paradigmas a cada versão lançada, a ponto de conquistar uma legião de milhões de seguidores e, porque não dizer, o respeito de quem ainda assim prefere algum dos concorrentes.

Enquanto "WarCraft" enfoca um universo medieval da fantasia, com toques de RPG e microgerenciamento detalhado, "Command & Conquer" aposta em um contexto militar atual. Já "Age of Empires" preferiu investir na fidelidade aos aspectos históricos - provavelmente porque Bruce Shelley, idealizador da série, trabalhou com Sid Meier em "Civilization" muitos anos atrás.

Sendo assim, cada série cativou um público distinto, mas, desde que foi anunciado, "Age of Empires III" vem recebendo uma certa "forcinha" das circunstâncias, a começar pelo fato de a mais recente versão da série chegar sozinha ao mercado, sem nenhum equivalente de seus dois principais concorrentes. Além disso, a Ensemble Studios decidiu (e conseguiu) elevar a novos patamares o componente visual, que normalmente é preterido no gênero em relação à jogabilidade.

Porém, reduzir "Age of Empires III" aos seus belíssimos gráficos é pouco - por incrível que pareça. Seis anos após o surgimento de seu antecessor, o jogo continua tendo a mistura de ficção e história como um de seus principais trunfos. O cenário é o Novo Mundo (as Américas do Norte e Sul, na verdade), em um período que cobre desde a chegada de Cristovão Colombo à América até por volta de 1850.




  • Processador: 1,4 GHz
  • Memória RAM: 256 MB
  • Placa de Vídeo: 64 MB


  • Serial: DXR32-X44M7-CYTCX-P6H6P-97CPG


    Parte 1
    Parte 2
    Parte 3

    Gostou? Então copie esse post para seu Blog:

    0 comentários:

     
    © 2009 Template feito por Perfect Downs